Comunicados Fretebras
Fique atento às novidades e dicas para aproveitar melhor os recursos oferecidos pela Fretebras.
Devido ao grande número de empresas conectadas ao CHAT FRETEBRAS , estava ficando difícil a seleção daquelas que os usuários mais desejavam fazer contato. 
Nossa equipe de TI ouviu muitas sugestões.  
Alguns sugeriram um filtro por região, outros por cidade e raio, outros por tipo de empresa.
Estudamos o problema e resolvemos instalar um filtro por Estado.
Com esta atitude não resolvemos inteiramente o problema, mas o minimizamos.


Para mais detalhes do funcionamento do CHAT acesse o link:

www.fretebras.com.br/chat
 

1.       R$/KM

Valor por quilometro percorrido.
É o método mais usado.
É obtido dividindo-se o valor total do frete pela quilometragem entre a origem e o destino. 
Tem a desvantagem de ser diferente para cada tipo de caminhão. 
O Valor do quilometro rodado de um truck não é igual ao de uma carreta.

2.       R$/TON*KM

Valor para mover uma tonelada por um quilometro.
É o método mais indicado.
É obtido dividindo-se o valor pago por tonelada pela quilometragem entre a origem e o destino.
Tem a vantagem de ser o mesmo para qualquer tipo de caminhão.

A maioria dos valores  pagos no Brasil para mover uma tonelada por quilometro por rodovia, varia em uma faixa de R$ 0.10 a R$ 0.30 (Dez a trinta centavos).

Os valores são maiores para distâncias curtas e menores para distâncias longas.
Para verificar os valores médios de fretes rodoviários praticados no Brasil, visitem o link:

http://sifreca.esalq.usp.br/sifreca/pt/fretes/rodoviarios/index.php

Sifreca - Sistema de Informações de Fretes
Departamento de Economia, Administração e Sociologia
Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ/USP)
Av. Pádua Dias, 11 (Antiga Colônia Sertãozinho)
CEP 13418-900 - Piracicaba - SP

1 2 3 4 5 6 7 8
Últimas Postagens